Semente Cristal - Medicina Integral e Terapias Naturais

Horário: : Segunda à Sábado - 8:00 às 19:00h
  Contato : Gravatal (48)3648-2087 - (48)98415-1710

migranea4

Enxaqueca ou Migrânea

A enxaqueca ou migrânea é uma das formas mais comuns de cefaleias (dores de cabeça). A enxaqueca se caracteriza por uma dor pulsátil em um dos lados da cabeça (às vezes dos dois), geralmente acompanhada de fotofobia e fonofobia, náusea e vômito. A duração da crise varia de quatro a 72 horas, podendo ser mais curta em crianças. Segundo o Ministério da Saúde, de 5 a 25% das mulheres e 2 a 10% dos homens tem enxaqueca. A enxaqueca é predominante em pessoas com idades entre 25 e 45 anos, sendo que após os 50 anos essa porcentagem tende a diminuir, principalmente em mulheres. A enxaqueca pode ser dividida entre com aura ou sem aura, e essas em episódica ou crônica.

A enxaqueca crônica se caracteriza por cefaleia em 15 ou mais dias do mês, sendo oito dias com crises típicas de enxaqueca, por mais de três meses, na ausência de abuso de medicamentos.

Não existem exames que confirmem o diagnóstico de enxaqueca, seu diagnóstico é clínico (isto é, feito através de uma boa anamnese (entrevista) e exame físico). Exames são realizados para excluir algumas importantes (porém raras) causas de dores de cabeça.

Qual a localização da sua dor? Você apresenta algum outro sintoma junto com a dor? Qual a duração desses sintomas? Eles acontecem em ambos os lados do corpo? Se foram sintomas visuais, como são e em que momento se apresenta? Algum desses sintomas aparece antes de a dor começar?

Os outros membros da família têm enxaqueca ou outros tipos de dores de cabeça?Você usa medicamentos como pílulas anticoncepcionais ou vasodilatadores? Sua dor de cabeça começa depois que você faz muito esforço, ou após tossir ou espirrar?

Para ser diagnosticada a enxaqueca, com base nas diretrizes da Headache International Society o paciente precisa apresentar pelo menos cinco crises com essas características:

  • Crise de cefaleia durando de quatro a 72 horas (tratamento fracassado ou não realizado)
  • Cefaleia tendo pelo menos duas das seguintes características: unilateral, pulsátil, dor de intensidade moderada a intensa, dor agravada ou impedindo atividade física rotineira (caminhada, subir escadas, etc)
  • Durante a cefaleia, ocorrência de pelo menos um destes sintomas: náusea e vômitos, fotofobia e “fonofobia”.
  • Nenhum outro diagnóstico que explique a cefaleia.

 

 

Alimentos e bebidas que podem desencadear crises de enxaqueca: frituras e gorduras em excesso, chocolates, café, chá e refrigerantes à base de cola, aspartame (adoçante artificial), glutamato monossódico (tipo de sal usado como intensificador de sabor, principalmente em comida chinesa), excesso de álcool. Outros: queijos amarelos envelhecidos, frutas cítricas (principalmente laranja, limão, abacaxi e pêssego), carnes processadas,

Outros fatores que podem desencadear uma crise de enxaqueca:

  • Estresse
  • Jejum prolongado
  • Dormir mais ou menos do que o de costume
  • Mudanças bruscas de temperatura e umidade
  • Perfumes e outros odores muito fortes
  • Esforço físico
  • Luzes e sons intensos
  • Abuso de medicamentos, incluindo analgésicos
  • Fatores hormonais: é comum mulheres portadoras de enxaqueca apresentarem dor nas fases pré, durante ou após a menstruação. Esse tipo de migrânea é chamado de enxaqueca menstrual e tende a melhorar espontaneamente na menopausa. Muitas mulheres têm as crises pioradas, ou melhoradas, a partir do momento que iniciam o uso de anticoncepcionais orais (os hormônios interferem nas crises, porém sem uma regra clara)

Possíveis sintomas da crise de enxaqueca:

  • Crise de cefaleia durando de quatro a 72 horas, unilateral e pulsátil
  • Náusea
  • Vômitos
  • Bocejos
  • Irritabilidade
  • Sensibilidade à luz
  • Sensibilidade ao som
  • Sensibilidade ao movimento do corpo ou do ambiente.
  • Tontura
  • Fadiga
  • Mudanças de apetite
  • Problemas de concentração, dificuldade para encontrar as palavras

Enxaqueca com aura

Pelo menos duas crises com a presença de sintomas “de aura”, como pontos luminosos ou perda e embaçamento da visão, formigamento, dormência e fraqueza no corpo e dificuldade na fala.

 

Tratamento de Enxaqueca

O melhor tratamento para qualquer patologia é ter um diagnóstico bem feito. Confirmando esse diagnóstico de enxaqueca, é importante descobrir se existe algum fator desencadeante, e se houver, evitá-lo.

Acupuntura é um ótimo tratamento para enxaqueca, tanto para reduzir a intensidade quanto a frequência das crises, muitas vezes espaçando as crises por um longo período de tempo.

Os medicamentos para prevenção da enxaqueca incluem neuromoduladores, betabloqueadores, antidepressivos. A indicação, no entanto, dependerá de cada caso.

É recomendado que o paciente aprenda a conduzir o abortamento das crises, o que se faz utilizando-se uma dose adequada de analgésicos no momento certo (de preferência no momento que antecede a crise de dor propriamente dita, ou no início da percepção da aura, quando houver).

Siga as instruções de seu médico quanto a quais e com que frequência usar as medicações. Muitas pessoas desenvolvem piora do quadro de cefaleia em decorrência do uso abusivo de analgésicos e antiinflamatórios.

Diário da enxaqueca: pode ajudar a identificar qualquer coisa que possa desencadear enxaquecas com aura. Inclua no diário a data e a hora da enxaqueca, todos os alimentos que você comeu, atividades que você participou e medicamentos ingeridos; Fique atento e anote aos gatilhos psicológicos, como estresse e ansiedade;

Fatores indicativos de cronificação da enxaqueca: Uso excessivo de analgésicos, Consumo excessivo de cafeína, Obesidade, Roncos/ apnéia obstrutiva do sono, Eventos estressantes no ultimo ano, Comorbidades psiquiátricas, Outras desordens dolorosas como fibromialgia.

#Acupuntura pode ser uma boa terapêutica para tratar sua enxaqueca. Faça uma avaliação médica, procure um médico habilitado para cuidar de você!#

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *