Semente Cristal - Medicina Integral e Terapias Naturais

Horário: : Segunda à Sábado - 8:00 às 19:00h
  Contato : Gravatal (48)3648-2087 - (48)98415-1710

Controle do Estresse

estresse6

O estresse pode ser gerenciado, pode estar a seu favor!

O estresse é acusado de acabar com a vida de 110 milhões de pessoas todo ano, por estimular infartos, acidentes vasculares-cerebrais, depressão, etc. A Associação Internacional do Controle do Estresse colocou os brasileiros como o segundo povo mais estressado do mundo (atrás dos japoneses), por causa de problemas profissionais. Quando mal-gerenciado e em excesso, o estresse desgasta, envelhece, reduz a imunidade, gera ansiedade, desconforto,insônia e depressão.

O estresse mal-gerenciado faz mal. Mas se você souber lidar com ele, o stress torna você mais forte, mais inteligente, mais produtivo.

Nossa proposta de tratamento foi estruturada para tratar as sequelas do estresse crônico em sua vida e auxiliá-lo a evitar que o estresse atrapalhe o seu potencial, e combina a orientação e suporte médico e psicológico, terapias naturais, mindfulness. O programa individual pode variar entre 5 e 10 sessões de acupuntura médica e psicoterapia.

Para mais informações e agendamento entrar em contato através dos telefones: (48) 3648 2087 ou (48) 98415-1710, ou envie e-mail para tainacalvette@gmail.com

Programas em grupo ocorrem em parceria com o Hotel do Lago, utilizando também hidroterapia, caminhadas, alimentação saudável, muito contatocoma natureza, yoga, massagem e meditação em períodos de 7 a 21 dias de hospedagem.

Caso tenha interesse, envie e-mail para tainacalvette@gmail.com . Estamos sem disponibilidade no momento.

 

Entenda melhor o que é o ESTRESSE e como ele pode ser útil para você

O estresse pode ser considerado uma reação a um desequilíbrio causado por fatores externos, uma resposta hormonal a alguns tipos de ameaças, em resposta aos perigos, o organismo desenrola uma série de reações que alteram todo o funcionamento do corpo.

A diferença entre humanos e outros animais é que só os seres humanos têm a proeza de transformar uma ideia meramente imaginária em ameaça real, com todas as reações fisiológicas do estresse,por exemplo.Distorcer o estresse a ponto de fazer mal é algo unicamente humano, no qual emoções e pensamentos exercem uma influência poderosa, para o bem ou para o mal.

Em excesso, essas reações sobrecarregam o organismo e fazem mal mesmo, principalmente ao sistema cardíaco.

Para lidar bem com ele, é importante entender os benefícios que traz para o nosso corpo. Em um primeiro momento, ele nos transforma em uma espécie de super-heróis: ficamos mais fortes, mais resistentes à dor, mais concentrados, mais inteligentes e até mais sociáveis. Ao primeiro sinal de ameaça (real ou imaginária), seu hipotálamo entra em alerta e envia sinais para as glândulas adrenais, que logo começam a lançar adrenalina na corrente sanguínea. Esse hormônio aumenta os batimentos cardíacos para levar mais sangue aos músculos e mais oxigênio a outros órgãos.

Com mais energia, o cérebro funciona melhor – isso deixa você mais alerta e focado, capaz de prestar mais atenção a qualquer estímulo visual ou auditivo (e, portanto, mais atento a uma reunião no trabalho, por exemplo). Toda uma cadeia de eventos é desencadeada, com liberação de fibrinogênio, cortisol, ocitocina, DHEA, etc…

Sua mente é poderosa

Como já vimos, a sua cabeça faz toda a diferença na hora de dizer se você vai sofrer ou se beneficiar com o stress. O modo como você encara as coisas determina a reação do seu corpo: se vai disparar ou não uma carga de medo, ansiedade, nervosismo etc.

Por vezes, é bom não se esquecer do seu corpo. Pode ser mais difícil para uns do que para outros sair do buraco do “estresse tóxico”. Nesses casos, é preciso ir além do psicológico – seu organismo funciona em conjunto corpo-mente, afinal. Aí as dicas são as mesmas que os médicos cansam de repetir para garantir a saúde física. Dormir direito ajuda (oito horas diariamente): um bom sono reduz os níveis de cortisol e glicose no corpo, e faz você acordar mais calmo, pronto para o dia. Praticar exercícios físicos produz hormônios que impedem que o stress fique pesado demais: endorfinas (os analgésicos) e prolactina (que dá uma sensação de relaxamento).

A prática de atividades físicas ainda facilita a formação de novos neurônios. Ioga e outras técnicas de meditação causam o mesmo efeito. Tomar bebidas alcoólicas com moderação e não fumar também evitam o stress do mal. Essas duas substâncias são por si só estressantes, no sentido original da palavra, o de causar desequilíbrio celular – pense na reação do organismo quando você puxa para o pulmão uma fumaça com mais de 4,6 mil tipos de venenos ou leva até o estômago um líquido embriagante. O corpo entra em alerta. Alguns tipos de alimentos, como chicória, alface e banana também ajudam a reduzir os hormônios relacionados ao stress.

Fontes: Andrews, Susan, “Stress a seu Favor – Como Gerenciar Sua Vida em Tempos de Crise”

Stress – Como usar a seu favor